28 de out de 2016

TEXTO: Vida que não volta



  De uns tempos pra cá, resolvi começar a postar textos, alguns meus, outros não. Algumas histórias são verdadeiras outras eu invento. Os meus textos são antigos, eu não sabia e ainda não sei escrever textos lindos. Mas espero que leiam e entendam seus significados. Alguns são pra descontrair outros pra refletir. 

 Eu sempre fui uma pessoa reservada. Poderia ser por escolha, mas não. Nunca tive com quem conversar, não tinha amigos. Eu era apenas uma criança, ainda me considero uma. Lembro que um dia a tia da escola onde estudei por nove anos, chegou perto de mim e me perguntou por que eu não brincava com as outras crianças e eu disse que gostava de ficar ali, no meu cantinho. Não! Não era isso! Eu achava que elas não gostavam de mim. Mas aí no outro dia eu brinquei com elas e a mesma mulher chegou perto de mim e me disse que estava feliz de me ver brincando com aquelas crianças e por eu estar feliz. Eu realmente me senti feliz naquele dia. Nunca me esqueço disso.

 Tem uma menininha, deve ter uns 11, 12 anos de idade, e toda vez que a vejo quando estou indo para a escola, fico triste. Sei lá, ela está sempre cabisbaixa, de braços cruzados, coluna jogada para frente e com um olhar apagado. Será que ela tem amigos? Será que ela tem com quem conversar? Fica no ar...

 As pessoas nunca perguntam se você está realmente bem. Falam: ''Tudo bem com você?'', mas na verdade elas não estão nem ai para seus problemas, elas já têm os problemas delas, para que vão querer os dos outros?
 O que eu realmente sinto falta é das minhas brincadeiras, das brincadeiras dos outros, sinto falta de correr pela rua por nada, sinto falta de andar de bicicleta de um lado para o outro sem ir muito longe. Sinto falta de amarrar a corda no portão e pedir para alguém bater na outra ponta, ir pulando e cantando: ''...casa, apartamento, chiqueiro, galinheiro, cemitério, buraco''. Sinto falta de subir nas árvores. Sinto falta de ter que assistir só Globo e SBT e de vez em quando, quando pegasse, a Record. Vida que não volta mais. Por que a gente tem que crescer? Por que temos que ter tantos problemas? Por que inventamos tantos problemas? 

  Eu não quero crescer meu coração. Coração de criança é mais puro. Eu quero ter o coração puro. 

  Que as próximas linhas dessa história sejam melhores, com mais alegria, com mais amor. Paz no coração e fé em Deus! Amém! 




10 comentários:

  1. Que textão!!! Bastante sincero, gostei bastante. Também sinto falta da minha infância. Tudo é mais fácil quando se é criança. Beijos e tenha um bom dia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A infância se bem aproveitada é tudo, né Letícia?!

      Excluir
  2. Adorei o texto!! A infância é tudo mesmo né!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Carol. Graças à Deus minha infância foi maravilhosa!! Beijos.

      Excluir
  3. Que texto lindo e sincero! Eu também não quero crescer meu coração, não quero nunca perder a essência que a gente tem quando criança. Eu também sou dessas que sente uma falta enorme da infância, ô tempo bom, né? Mas como não dá pra voltar, o jeito é a gente fazer da nossa vida agora tão boa quanto era naquela época ^^
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
  4. Que texto incrível! Me identifiquei muito com você, muito mesmo e te entendo demais. Acho que independente do jeito que a gente vive ou viveu, o importante é olhar pra frente e fazer as coisas diferentes!

    Minuto de Bobeira

    ResponderExcluir
  5. É, o certo é a gente olhar pra frente. O que passou, passou. É difícil olhar pra frente, sei bem como é isso, porque vira e mexe me pego pensando em coisas que fiz ou que aconteceram no passado e o tanto de coisas que eu poderia mudar, mas aí eu estou enganando a mim mesma. O que aconteceu, aconteceu. Não tem como mudar, não tem como voltar. Só em filmes né? Hahahaha! Enfim, adorei o texto!

    Beijos!
    www.likeparadise.com.br

    ResponderExcluir
  6. tem coisas que a gente tem que esquecer e mostrar a nós mesmos que só foi uma fase ruim e que vai passar , realmente ensina mas mostra a realidade

    beijos

    https://loucaapaixonada22.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Adorei o texto, amo ler coisas assim!
    Me descreve totalmente, rs.
    Beijos,
    www.paaradateen.com
    www.facebook.com/PAARADATEENBLOG

    ResponderExcluir
  8. Geralmente perguntam tudo bem esperando que você diga que sim porque realmente não está interessada.
    Já vi muito isso, mas eu realmente pergunto porque gosto de saber como aquela pessoa ta acho que todo mundo tem que ter alguém pra falar, pra contar.
    Realmente eu também penso assim ás vezes. Gostei do texto sincero.
    Beijos!
    Blog Pam Lepletier

    ResponderExcluir

Seja muito bem vindo(a)!

♥ Nos conte o que você achou da postagem ou do nosso blog.
Pode dar sugestões, ideias, temas.

♥ Deixe o link do seu blog pra visitarmos.

Volte sempre e obrigada pela visita!